Vamos Limpar o Mundo será feito em praias de Moçambique

17 setembro 2010

Ação também ajudará na preservação dos dugongos, na província de Inhambane.

Manuel Matola, da Rádio ONU em Maputo.

O evento ambiental Fim de Semana Vamos Limpar o Mundo vai concentrar-se, em Moçambique, na cidade de Vilankulo, na província de Inhambane. Este é o único ponto a sul do país onde ainda existe uma população significativa de dugongos.

A última contagem aérea feita no ano passado pelo Fundo Mundial da Natureza, WWF, apontava para existência de cerca de 250 dugongos em Moçambique, contra aproximadamente 150 que existiam há cinco anos.

Praias

Embora o movimento "Vamos Limpar o Mundo" ainda se revele tímido em Moçambique, acções de limpeza nas praias serão também desenvolvidas em Inhassoro, em Inhambane, e na Ponta de Ouro, arredores de Maputo, e serão passados programas televisivos virados às crianças sobre a protecção ambiental.

O encarregado de comunicação do WWF, Lécio Munguambe, disse à Rádio ONU, em Maputo, que a organização pretende com acções de limpeza das praias de Vilankulo proteger espécies marinhas.

Quarenta Toneladas de Lixo

"Acreditamos que fazendo uma comunicação para e por via das crianças temos uma maior capacidade de alcance, porque as crianças não só aprendem como também ajudam a uma maior divulgação de mensagens. A população moçambicana está aos poucos a consciencializar-se da conservação da natureza", afirmou.

Para o presente ano, prevê-se que milhares de voluntários em todo o mundo participem na remoção de cerca de 40 toneladas de diferentes tipos de lixo, um dos maiores responsáveis pela contaminação da natureza e morte de vários animais, especialmente marinhos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud