Recorde de pipas em Gaza pode ter dobrado, diz Unrwa
BR

30 julho 2010

Ao todo, mais de 7,2 mil cafifas foram soltas no ar simultaneamente; evento faz parte dos Jogos de Verão.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência da ONU de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, informou que crianças de Gaza podem ter dobrado o próprio recorde soltando pipas numa praia no norte da região. O evento ocorreu nesta quinta-feira, e só deve ser confirmado pelo livro Guiness nos próximos dias.

Mas de acordo com a Unrwa, 7,2 mil cafifas coloridas foram soltas no ar, simultaneamente, o dobro da última tentativa no ano passado.

Guiness

Leia o boletim de Daniela Kresch, da Rádio ONU em Tel Aviv.

"Foi uma tentativa de superar o recorde de 3,7 mil pipas registrado atualmente no livro Guiness dos Recordes, alcançado também em Gaza no ano passado.

O número exato, de 7202 pipas, foi confirmado pela agência das Nações Unidas para refugiados palestinos, Unrwa, organizadora dos Jogos de Verão, uma colônia de férias da qual estão participando 250 mil crianças.

O recorde só será confirmado nos próximos dias, já que representantes do Guiness não puderam estar presentes.

No último dia 22 de julho, 7,2 mil crianças palestinas também tentaram quebrar outro recorde quicando simultaneamente bolas de basquete por cinco minutos.

Atividades

Para o diretor da Unrwa em Gaza, John Ging, as atividades dos Jogos de Verão dão às crianças de Gaza um ‘senso de normalidade, apesar da anormalidade que eles enfrentam diariamente em suas vidas'.

A colônia de férias da Unrwa, que acontece pelo quarto ano consecutivo, inclui atividades esportivas e artísticas durante as férias escolares."

Segundo agências de notícias, extremistas islâmicos tentaram impedir, com atos de violência, o evento por discordarem da natureza pacífica dos Jogos de Verão. Mas a Unrwa manteve a programação.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud