ONU consternada com naufrágio mortal na RDC

30 julho 2010

Barco navegava no rio Kasai quando se virou, provocando a morte a mais de 100 pessoas.

João Rosário, da Rádio ONU em Lisboa.

O presidente da Assembleia Geral da ONU, Ali Treki, disse estar profundamente consternado com o naufrágio de um barco na República Democrática do Congo, RDC, que provocou cerca de 140 mortos.

De acordo com relatos dos media locais, o barco navegava no rio Kasai, entre as cidades de Mushie e Kinshasa, a capital, quando naufragou.

Há suspeitas que a embarcação estava sobrecarregada.

Condolências

Por falta de alternativas, o transporte fluvial é muito usado entre os congoleses, apesar dos barcos navegarem muitas vezes com a lotação acima da máxima permitida.

Numa nota, o presidente da Assembleia Geral da ONU apresenta condolências às famílias das vítimas, ao povo e ao governo da RDC.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud