Processo de paz no Darfur em momento crítico (Português África)

28 julho 2010

Negociações para o fim do conflito em Doha mostram sinais optimistas, mas Unamid quer mais segurança no território.

João Rosário, da Rádio ONU em Lisboa.

O responsável pela missão conjunta das Nações Unidas e da União Africana no Darfur, Unamid, Ibrahim Gambari, declarou que o processo de paz para a instável região do Sudão encontram-se num momento crítico.

Dirigindo-se ao Conselho de Segurança da ONU nesta terça feira, Ibrahim Gambari disse que as negociações entre o governo sudanês e o Movimento de Libertação e Justiça, JLM, na sigla em inglês, estão a registar progressos firmes.

Insegurança

Ibrahim Gambari disse que a Unamid está na fase final dos preparativos para o processo de diálogo interno no Darfur, de forma a ajudar os contactos de paz que estão a ser desenvolvidos em Doha.

No entanto, Gambari alertou que há ainda desafios no caminho até se conseguir uma paz e estabilidade duradouras no Darfur.

Ibrahim Gambari acrescentou que, apesar dos esforços da Unamid, não se registam melhorias na segurança na região.

Gambari declarou que no preciso momento em que se assistiu a um retrocesso nas condições de segurança no Darfur, as perspectivas para a negociação de um acordo parecem ter conhecido alguns desenvolvimentos.

Disse que a sociedade civil está agora mais envolvida que nunca nas conversações de paz, que o governo sudanês está a demonstrar um compromisso renovado em relação às negociações e os líderes da maior parte da oposição armada estão a participar nos contactos ou a expressar interesse em integrar as negociações de Doha.

Erradicação

Gambari destacou a importância vital de um acordo de paz alargado e de progressos na segurança de modo a que a Unamid possa realizar o seu mandato principal que é proteger os civis e facilitar o acesso à assistência humanitária pelas populações necessitadas do Darfur.

Acrescentou que para ser eficaz, a Unamid precisa de helicópeteros, de uma empresa de transportes e de uma unidade de vigilância aérea.

Gambari entende que a missão precisa também que sejam levantadas as restrições que impedem o cumprimento eficaz do seu mandato.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud