Unamid saúda acordo de paz entre tribos rivais em Darfur

29 junho 2010

O texto foi assinado por representantes das tribos Misseriya e Rezeigat Nouaiba, em Zalingei, Darfur Ocidental; confrontos esporádicos entre os dois grupos irromperam em Março.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, mediou a assinatura de um acordo de paz entre tribos rivais no território, para tentar acabar com quatro meses de confrontos violentos que mataram mais de 200 pessoas e deslocaram centenas de outras.

O texto foi assinado por representantes das tribos Misseriya e Rezeigat Nouaiba, em Zalingei, Darfur Ocidental.

Reconciliação

Confrontos esporádicos entre os dois grupos irromperam em Março. O último surto de violência ocorreu na semana passada perto de Zalingei, matando 20 pessoas.

A Unamid, o Conselho para a Paz e Reconciliação de Darfur e líderes locais criaram um comité de reconciliação há alguns meses atrás para tentar travar a violência. Uma conferência foi organizada o mês passado como parte dos esforços para resolver as raízes do conflito.

Confrontos tribais em Darfur são muitas vezes causados por disputas sobre o acesso a recursos limitados numa região árida e remota.

Segundo dados da ONU, cerca de 300 mil pessoas foram mortas e 2,7 milhões deslocadas devido a combates entre rebeldes e forças do governo apoiadas por milícias aliadas Janjaweed. Todas as partes foram acusadas de violações de direitos humanos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud