FAO lança projectos para combater fome no Niger (Português África)

21 junho 2010

Segundo a agência da ONU, quase metade da população do país está ameaçada; iniciativa visa assistir agricultores e pastores no país da África Ocidental.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, anunciou esta segunda-feira o lançamento de nove projectos no valor de quase US$ 18 milhões para apoiar o combate à insegurança alimentar no Niger.

Uma nota da agência das Nações Unidas revela que a iniciativa visa assistir agricultores e pastores naquele país da África Ocidental e é uma resposta à situação alimentar alarmante na região do Sahel. Ela irá beneficiar cerca de 2,8 milhões de pessoas.

Prioridade

Segundo o Sistema de Informação Global e Aviso Prévio da FAO mais de 10 milhões enfrentam o espectro da fome na zona. Só no Niger o número de pessoas ameaçadas atinge os 7 milhões, quase metade da população, segundo a especialista de Operações de Emergência do órgão, Fatouma Seid.

Chuvas fracas e irregulares o ano passado provocaram um declínio de 30% na produção de cereais, comparado a 2008. Ao mesmo tempo, os preços da comida permaneceram elevados apesar da sua queda a nível global.

Seid disse que a principal prioridade da FAO é fornecer sementes e fertilizantes para a actual estação das colheitas.

Fertilizantes

As actividades serão implementadas pelo governo e pela sociedade civil e irão centrar-se na compra e distribuição imediata de 14 mil toneladas de comida animal, 3 mil toneladas de sementes e 1,5 mil toneladas de fertilizantes.

Os projectos da FAO serão financiados pela União Europeia, Bélgica, Espanha, Grã Bretanha e pelo Fundo de Resposta Central de Emergência da ONU, Cerf.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud