Pnud apresenta plano de ação para cumprimento das Metas do Milênio
BR

18 junho 2010

Relatório da agência da ONU traz modelos que devem ser adotados para promover desenvolvimento sustentável e reduzir pobreza global; documento cita o aumento no número de matrículas escolares na Etiópia e redução da mortalidade infantil no Afeganistão.

Juliana Saporito, da Rádio ONU em Nova York.*

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, divulgou relatório voltado ao alcance das Metas do Milênio no mundo. O documento traz modelos que devem ser adotados para promover o desenvolvimento sustentável e reduzir a pobreza global.

A lista também conta com uma agenda de ações concretas, que serão apresentadas a líderes mundiais e discutidas em encontro de alto nível em setembro, em Nova York.

Vida melhor

Segundo a diretora do Pnud, Helen Clark, para muitas pessoas que vivem na pobreza as Metas do Milênio oferecem um meio real para uma vida melhor e proporcionam uma sociedade mais justa e pacífica.

Clark disse, durante o lançamento do relatório na quinta-feira, que tem esperança de que a sugestão e experimentação de políticas, ao lado da agenda sugerida, sejam um passo rumo ao sucesso das Metas.

O relatório do Pnud é focado em pontos principais, como o combate à pobreza, investimentos do governo na criação de empregos, melhora dos serviços sociais, oportunidades para mulheres e o acesso à energia de baixo carbono.

Exemplos

Alguns exemplos concretos são apresentados pelo documento, como o aumento no número de matrículas no ensino fundamental na Etiópia e opções inovadoras no serviço de saúde do Afeganistão, que reduziu a mortalidade infantil.

Outros exemplos incluem uma iniciativa nacional de emprego rural na Índia e resultados significativos em Burkina Faso, Moçambique, Ruanda, Uganda e Vietnã.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud