Acesso a água potável e educação de raparigas

8 junho 2010

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O acesso a água potável e saneamento é um factor crucial na capacitação das raparigas através da educação. A afirmação foi feita esta semana pela especialista independente da ONU sobre o tema, Catarina de Albuquerque, numa sessão do Conselho de Direitos Humanos em Genebra.

Ela disse que a falta de água e saneamento em casa impede as raparigas de irem à escola, conduz a muitos dias perdidos e eventualmente obriga-as a abandonarem o ensino.

Catarina de Albuquerque enfatizou o tempo que as crianças nos países pobres, particularmente raparigas, perdem por dia ao percorrerem longas distâncias para apanhar água.

Ela afirmou também que a falta de acesso a àgua potável e saneamento tem um forte impacto na saúde de meninas e meninos, estando na origem de muitas doenças evitáveis.

Numa entrevista à Rádio ONU, de Genebra, Catarina de Albuquerque disse que o acesso a água e saneamento podem ser passaportes para o acesso à educação.

Oiça a entrevista. Tempo total 5'35"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud