Istambul acolhe conferência internacional sobre Somália

21 maio 2010

Uma nota da organização afirma que a actual situação no país constitui uma ameaça para a sub-região, através do alastramento de flagelos como o terrorismo, pirataria, contrabando e imigração ilegal; evento é realizado pela ONU, em parceria com os governos da Turquia e da Somália.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A cidade turca de Istambul acolhe esta sexta-feira uma conferência internacional sobre paz, estabilidade e reconstrução da Somália.

O evento de dois dias é realizado pelas Nações Unidas, em parceria com os governos da Turquia e da nação do Corno de África e ocorre um ano após a reunião de doadores de Bruxelas.

Flagelos

Uma nota da organização afirma que a actual situação na Somália constitui uma ameaça para os países da sub-região, através do alastramento de flagelos como o terrorismo, pirataria, contrabando e imigração ilegal.

O comunicado revela que nos últimos 20 anos, a comunidade internacional, incluindo a ONU, tentou conter e resolver a crise, canalizando mais de US$ 80 mil milhões em várias formas de assistência para o país. Mas apesar desses esforços, uma estabilidade duradoira ainda não foi alcançada.

O enviado das Nações Unidas para a Somália, Ahmedou Ould-Abdallah, disse na semana passada, que a reunião de Istambul irá apoiar uma terceira via para o país, diferente da retirada total ou do impasse actual.

Oportunidade Única

Ele descreveu ainda o evento como uma oportunidade única para mostrar que os verdadeiros amigos da Somália podem fazer a diferença.

A reunião será inaugurada pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud