Ban elogia participação popular nas eleições no Sudão

27 abril 2010

Num comunicado, Ban Ki-moon nota os relatórios preliminares de grupos de observadores que detalham não só os sucessos mas também as falhas do escrutínio, incluindo vários incidentes de segurança; segundo agências de notícias, o presidente Omar al-Bashir foi reeleito com 68% dos votos.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou o povo do Sudão por ter participado nas eleições que de uma maneira geral decorreram de forma pacífica, apesar de vários desafios.

Num comunicado divulgado esta terça-feira em Nova Iorque pelo seu porta-voz, Ban disse que isto constitui uma demonstração do seu compromisso com a democracia.

Meios Pacíficos

Segundo agências de notícias, o presidente Omar al-Bashir foi reeleito com 68% dos votos. Na região sul do país, o antigo líder rebelde, Salva Kiir, recebeu 93% do sufrágio.

No comunicado, Ban Ki-moon nota os relatórios preliminares de grupos de observadores que detalham não só os sucessos mas também as falhas do escrutínio, incluindo vários incidentes de segurança.

O Secretário-Geral apela às autoridades e partidos políticos sudaneses para continuarem a resolver por meios pacíficos quaisquer disputas ou irregularidades resultantes das eleições.

Referendo

Ban apelou ainda aos parceiros do Acordo Global de Paz e outros actores para acelerarem os preparativos com vista à próxima e última fase de implemntação do tratado, que pôs fim a duas décadas de guerra civil entre o norte e o sul.

Ela inclui a realização de um referendo, em 2011, para a auto-determinação da região sul do Sudão e o estatuto da região petrofífera de Abyei.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud