Crianças do Haiti três meses após terremoto

15 abril 2010

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

Uma resposta humanitária sem precedentes evitou uma crise mais grave para as crianças haitianas.

A conclusão é do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, no relatório ‘Crianças do Haiti: Três Meses Após o Terremoto'.

No documento, a agência da ONU ressalta que não houve surto significativo de doenças ou aumento de taxas de desnutrição e mais de 1 milhão de pessoas afetadas tem acesso à água potável.

O representante do Unicef em Bangladesh, Carel de Rooy, que está no Haiti até o final de abril para ajudar nos trabalhos de recuperação do país, falou à Rádio ONU, de Porto Príncipe, sobre a importância da recente abertura de escolas em alojamentos temporários.

Ele ressaltou que, apesar dos resultados, ainda há muito para ser feito.

Acompanhe a entrevista.

Tempo Total: 4´05´´

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud