Brasil recebe Fórum da Frente Parlamentar Contra a Fome
BR

5 março 2010

Evento termina nesta sexta-feira em São Paulo; fórum promovido pela FAO reúne senadores e deputados, representantes do governo brasileiro e de organizações não governamentais.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

Termina nesta sexta-feira em São Paulo o 1º Fórum Regional da Frente Parlamentar Contra a Fome.

O evento é promovido pela Assembleia Legislativa de São Paulo, pelo Parlamento Latino-Americano e pela Iniciativa América Latina e Caribe Sem Fome, da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação, FAO.

Estratégias

Segundo a agência da ONU, o objetivo do encontro é estabelecer diálogo entre parlamentares e sociedade civil para identificar estratégias para a construção da segurança alimentar na região.

A abertura do encontro de dois dias reuniu senadores e deputados, representantes do governo brasileiro e de organizações não governamentais.

O oficial encarregado do escritório da FAO no Brasil, Gustavo Chianca, disse à Rádio ONU, de São Paulo, que o fórum permite trocar experiências e coordenar ações.

"Esse fórum tem uma importância muito grande. Primeiro porque são 15 países representados em cima de um tema que é um dos objetivos do Milênio da ONU, que é erradicar a fome em 50% até 2015. Tem sido feita uma reflexão e a possibilidade de se discutirem leis que apoiem e ajudem esse objetivo na América Latina", afirmou.

Temas

O fórum teve reuniões com temas específicos como relações entre programas de segurança alimentar e de compras da agricultura familiar, participação da sociedade em estratégias de luta contra a fome e cooperação entre países.

A Frente Parlamentar é formada por integrantes de congressos nacionais, estaduais e regionais que discutem a necessidade de segurança alimentar como assunto estratégico da atividade legislativa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud