Mais de 4 mil iraquianos cristãos desalojados em Mosul
BR

2 março 2010

Ocha alerta para as condições de segurança das famílias iraquianas cristãs que permanecem na cidade ao sul do país; relatos não confirmados indicam que essas pessoas não saem de casa por medo.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, relatou que 4,320 mil iraquianos cristãos ficaram desalojados após tumultos recentes em Mosul.

Segundo o Ocha, o número representa um aumento de 200 pessoas desde o último sábado.

Medo

O órgão alerta para as condições de segurança das famílias iraquianas cristãs que permanecem na cidade ao sul do país. Relatos não confirmados indicam que essas pessoas não saem de casa por medo.

O Ocha afirma que estudantes universitários não estão indo às aulas e funcionários estão faltando no trabalho.

Em outubro de 2008 mais de 12 mil iraquianos cristãos deixaram Mosul, que é a segunda maior cidade do país, após aumento de ataques, ameaças e intimidação.

Uma nova onda de violência contra cristãos aconteceu no final do ano passado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud