Tabaco mata cinco milhões de pessoas por ano no mundo
BR

26 fevereiro 2010

OMS celebra 5º aniversário da Convenção sobre o Controle do Tabaco com alerta para o controle e prevenção no mundo; pesquisa recente mostra que só no Brasil cerca de 17% dos adultos são fumantes e 200 mil pessoas morrem por ano no país em consequência do tabaco.

[caption id="attachment_158080" align="alignleft" width="175" caption="Foto:OMS"]

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde celebra nesta sexta-feira o 5º aniversário da Convenção da OMS sobre o Controle do Tabaco.

A Convenção é um tratado internacional que guia esforços nacionais no combate à epidemia de fumo, ratificado por 168 países.

Controle

Segundo análise de 117 relatórios de implementação, 85% das nações que fazem parte da Convenção já estabeleceram equipes de coordenação interministerial para o controle do tabaco ou designaram um ponto focal.

A OMS informa que 80% desses países também proibiram a venda de tabaco para menores e 70% introduziram alertas de saúde claros e visíveis nas embalagens dos produtos.

Algumas medidas recomendadas pelo órgão incluem o aumento de taxas e preços, ações de proteção contra a exposição ao fumo e apoio aos produtores na transição para meios de subsistência alternativos.

Ameaças

A responsável da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, pela vigilância de tabagismo nas Américas, Roberta Caixeta, disse à Rádio ONU, de Washington, que o tabaco é uma das principais ameaças de saúde pública no mundo.

"O consumo de tabaco tem causado muitas mortes em todo o mundo, são 5 milhões a cada ano. Se nenhuma ação for tomada em 2030 poderá haver 8 milhões de mortes por ano. E 80% dessas mortes vão ocorrer em países em desenvolvimento", afirmou.

Segundo Roberta Caixeta uma pesquisa recente mostra que só no Brasil 200 mil pessoas morrem por ano em consequência do tabaco, um dos principais fatores de risco para uma série de problemas crônicos, como câncer, doenças de pulmão e cardiovasculares.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud