Abuso de medicamentos com receita médica cresce no mundo

24 fevereiro 2010

Relatório da Junta Internacional de Fiscalização de Narcóticos recomenda que governos proíbam ou mantenham controle sobre o comércio de substâncias pela internet e centrais de atendimento por telefone; documento nota também que o tráfico de estupefacientes permanece um problema sério na África Ocidental.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Governos precisam dar mais atenção à luta contra o abuso de drogas, especialmente as substâncias usadas para a prática de violação sexual, que estão em alta no mundo.

O alerta foi feito pela Junta Internacional de Fiscalização de Narcóticos, órgão independente das Nações Unidas responsável pelo monitoramento global da produção e consumo de drogas.

Violência Sexual

Num relatório anual divulgado esta quarta-feira, a Junta pede aos países para implementarem resolução para combater o uso de produtos farmacêuticos para violência sexual.

O documento nota também que apesar de uma queda nas apreensões de cocaína, o tráfico de estupefacientes permanece um problema sério na África Ocidental.

O representante do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime no Brasil e no Cone Sul, Unodc, Bo Mathiasen, disse à Rádio ONU, de Brasília, que é importante estabelecer programas de prevenção para jovens.

"É importante também que tenham acções nas escolas vinculadas com acções na área de saúde, onde as iniciativas dentro e fora das escolas sejam coordenadas e directamente vinculadas", afirmou.

Substâncias Psicoactivas

O relatório da Junta alerta ainda para o crescente abuso de novas substâncias psicoativas e drogas prescritas, mais fáceis de conseguir e com menos controle internacional.

O documento recomenda que governos proíbam ou mantenham controle sobre o comércio de substâncias pela internet e centrais de atendimento por telefone.

*Apresentação: Carlos Araújo, Rádio ONU, Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud