OMT expressa tristeza pelos trágicos eventos na Madeira

24 fevereiro 2010

Agência da ONU elogiou a rápida resposta das autoridades competentes, tanto a nível local como nacional, como factor crucial na catástrofe; segundo agências de notícias, mais de 40 pessoas morreram após um forte temporal ter assolado a ilha no sábado.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial do Turismo, OMT, expressou a sua profunda tristeza pelos trágicos eventos que atingiram a região autónoma da Madeira, em Portugal, no dia 20 deste mês.

Numa nota divulgada esta quarta-feira na sede do órgão em Madrid, Espanha, a agência das Nações Unidas manifesta o seu empenho em ajudar a ilha no que lhe for solicitado.

Temporal

Segundo agências de notícias, mais de 40 pessoas morreram após um forte temporal ter assolado a ilha da Madeira no sábado.

A OMT elogia ainda a rápida resposta das autoridades competentes, tanto a nível local como nacional, como factor crucial na catástrofe.

A agência da ONU indica também que o sector do turismo não foi muito afectado pela tragédia.

Segurança

A nota cita informações fornecidas pelo governo regional de que a indústria hoteleira continua a operar em condições de segurança. O aeroporto internacional na ilha continua também operacional.

A OMT diz estar confiante de que a Madeira poderá continuar a contar com a sua sólida infraestrutura e serviços de turismo que fizeram da ilha um destino de excelência para turistas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud