Ban elogia acordo entre governo do Sudão e grupo rebelde em Darfur
BR

23 fevereiro 2010

Secretário-Geral diz que o pacto representa um passo importante em direção a um tratado de paz global e inclusivo para Darfur; segundo agências de notícias o acordo inclui cessar-fogo imediato e a partilha de poder em todos os níveis.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou o acordo assinado entre o governo do Sudão e o grupo rebelde Movimento para a Igualdade e Justiça.

O acordo foi rubricado pelas duas partes em 20 de fevereiro e assinado na noite desta terça-feira, em Doha, no Catar.

Passo Importante

Em comunicado divulgado por seu porta-voz em Nova York, Ban disse que o pacto representa um passo importante em direção a um tratado de paz global e inclusivo para Darfur, que ajude a resolver as causas profundas do conflito na região.

O Secretário-Geral indica que espera a total implementação do acordo. Ele encoraja todas as partes a participarem no processo de paz em Doha com visão e flexibilidade para a conclusão de resolução definitiva da crise em Darfur.

Ban ressalta que as Nações Unidas e o mediador conjunto da ONU e da União Africana irão continuar ajudando as partes nos esforços para concretizar este objetivo.

Segundo agências de notícias, o Movimento para Igualdade e Justiça vai se transformar em partido político. De acordo com as mesmas fontes, o tratado inclui um cessar-fogo imediato e a partilha de poder em todos os níveis.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud