Seminário da Aiea debate potencial da energia nuclear

11 fevereiro 2010

Uma nota da agência da ONU indica que o encontro inclui delegados de 35 Estados membros que estão actualmente a considerar ou já lançaram um programa de energia nuclear; seminário vai também debater a integração de medidas de segurança no planeamento da energia nuclear.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque .

Mais de 60 países estão reunidos em Viena, na Áustria, para explorar meios de incluir a energia nuclear nos seus programas nacionais de energia.

O seminário é organizado pela Agência Internacional de Energia Atómica, Aiea, e reúne mais de 100 representantes governamentais.

Medidas de Segurança

Uma nota da agência da ONU indica que o encontro inclui delegados de 35 Estados membros que estão actualmente a considerar ou já lançaram um programa de energia nuclear.

Algumas das principais nações fornecedoras, tais como os Estados Unidos, Canadá, Rússia, França e Coreia do Sul, participam também no evento.

O seminário vai debater ainda a integração de medidas de segurança no planeamanto da energia nuclear.

Segundo a Aiea, a construção de uma infraestrutura nacional de energia nuclear é complexa e requer um período de preparação de cerca de 10 anos.

Trata-se do 4º encontro do género desde 2006 e o seu objectivo é fornecer uma plataforma para troca de experiências.

Países Interessados

O director da agência para a unidade de Energia Nuclear, Jong Kyun Park, disse que o papel da Aiea é oferecer assistência aos países interessados e identificar o que todos podem fazer para garantir um uso benéfico, responsável e sustentável desse tipo de energia.

As Nações Unidas reconhecem que todos os países têm o direito de usar a tecnologia nuclear de forma correcta e Aiea irá continuar a apoiar os Estados interessados de forma objectiva e independente. O seminário de Viena termina esta sexta-feira.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud