Ban promete mobilizar apoios para desenvolvimento de África

1 fevereiro 2010

Ban Ki-moon disse à cimeira da UA em Adis-Abeba que a recessão global, a crise energética, a insegurança alimentar e as alterações climáticas estão a travar o progresso no continente africano.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, prometeu mobilizar esforços para enfrentar os desafios críticos que ameaçam a paz e prosperidade em África, incluindo a pobreza extrema, o bem estar social e económico e o impacto de mudanças climáticas.

Falando este domingo na abertura da cimeira da União Africana, UA, em Adis-Abeba, na Etiópia, ele enfatizou a conferência sobre as Metas do Milénio que as Nações Unidas estão a preparar para o mês de Setembro, em Nova Iorque.

Recessão Global

Ban afirmou que o mundo já deu passos importantes para a realização das metas, mas que ainda há uma longa distância a percorrer e que não falta muito tempo até o prazo de 2015.

O Secretário-Geral disse aos mais de 50 chefes de Estado e de governo africanos presentes na reunião que a recessão global, a crise energética, a insegurança alimentar e as alterações climáticas estão a dificultar o processo de desenvolvimento.

Ban Ki-moon realçou que houve progressos em várias áreas, citando o forte declínio das mortes por malária e sarampo em todo o continente e ganhos importantes na educação e saúde infantil.

Ele notou contudo que um número muito elevado de mulheres continua a morrer durante o parto e muitas crianças não vivem até aos cinco anos.

Trabalho Decente

Ban afirmou que o sector agrícola e trabalho decente para todos os africanos, particularmente mulheres e jovens, deveriam ser as prioridades de desenvolvimento em África.

O Presidente do Malawi, Bingu wa Mutharika, foi eleito pela cimeira como o novo líder em exercício da União Africana, sucedendo ao dirigente líbio Muammar Kadhafi. A reunião de três dias termina esta terça-feira.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud