ONU confirma morte de 84 funcionários no Haiti (Português Brasil)

29 janeiro 2010

O número de desaparecidos caiu nos últimos dias já que houve melhora nos serviços de comunicação e muitos conseguiram estabelecer contato com as Nações Unidas.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas confirmaram nesta sexta-feira as mortes de 84 funcionários da organização no terremoto no Haiti. Outros 15 permanecem desaparecidos.

Entre os mortos estão 40 civis que trabalhavam para a missão de paz da ONU no país, Minustah, 24 militares, 18 policiais, um funcionário do Programa Mundial de Alimentos, PMA, e um voluntário.

Contato

O número de desaparecidos caiu nos últimos dias já que houve melhora nos serviços de comunicação e muitos conseguiram estabelecer contato com as Nações Unidas.

A maioria dos que ainda não foram localizados trabalhava para a Minustah, cuja sede na capital Porto Príncipe desabou com a força do tremor de terra. Muitos continuam hospitalizados e feridos.

O governo haitiano estima que 150 mil pessoas morreram no terremoto, a maioria na capital do país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud