Fundação Gates promete ajuda de US$ 10 mil milhões para vacinação global

29 janeiro 2010

Directora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que o compromisso da fundação americana é inédito, mas precisa ser acompanhado por uma acção concertada entre governos e sector privado para a protecção de crianças, as que mais precisam de imunização.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, elogiou a promessa da Fundação Bill e Melinda Gates de investir US$ 10 mil milhões, nos próximos 10 anos, para acelerar esforços de vacinação global.

A directora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que o compromisso da fundação americana é inédito, mas precisa ser acompanhado por uma acção concertada entre governos e o sector privado para a protecção de crianças, as que mais precisam de imunização.

Integrados

Segundo Chan, se os esforços forem integrados existe a possibilidade de adopção em larga escala de novas vacinas contra doenças altamente fatais, como pneumonia e diarreia.

Ela alertou que 2 milhões de mortes de crianças com menos de cinco anos poderiam ser evitadas até 2015 com novas e amplas imunizações e aumento na cobertura de vacinação no mundo.

A OMS informa que as vacinas tem exercido papel fundamental para os ganhos para a saúde, com erradicação da varíola e combate ao polio e que se juntam a outras medidas, como suplementos alimentares, terapia de reidratação oral e entrega de antibióticos.

O anúncio da Fundação Bill e Melinda Gates acontece no 10º aniversário da criação da Aliança Global para Vacinas e Imunização, Gavi na sua sigla em inglês.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud