Aiea envia oito máquinas de raio-x para ilha caribenha
BR

29 janeiro 2010

Agência da ONU explica que os aparelhos devem ser usados nos hospitais temporários montados pelo país; eles servem para diagnóstico e tratamento dos cerca de 250 mil feridos.

[caption id="attachment_163217" align="alignleft" width="175" caption="Doação da Aiea"]

Julia Borba, da Rádio ONU em Nova York.*

O diretor da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, para América Latina, Juan Antonio Casas-Zamora, anunciou nesta sexta-feira que aparelhos móveis de raio-x estão a caminho do Haiti.

Ele explicou que os equipamentos devem ser usados nos hospitais temporários montados em Porto Príncipe, Leogane, Jacmel, Carrefour e Crois de Bouquet.

Investimento

Casas-Zamora disse que foram investidos US$329 mil, cerca de R$600 mil, na compra dos equipamentos, enviados para Santo Domingo, na República Dominicana, para depois chegar ao Haiti.

A assessora de comunicação estratégica da Aiea, Cristina Muller, afirmou em entrevista à Rádio ONU, de Viena, na Áustria, que os aparelhos são fundamentais para o povo haitiano.

"Esse envio é da maior importância. São oito unidades de raio-x móveis que vão poder fazer diagnóstico para, mais ou menos 250 mil pessoas que tem órgãos fraturados, como pernas e braços. Elas necessitam realmente de raio-x para receberem tratamento".

Vital

A agência da ONU informou que o uso do raio-x pode ter importância vital também durante os próximos meses, quando chega a temporada de chuva. O receio é que nesse período centenas de desabrigados tenham infecções respiratórias.

A Agência Internacional de Energia Atômica havia declarado esta semana que estaria providenciando as máquinas. A decisão veio após consulta com a Organização Pan-americana de Saúde, Opas, que indicou a urgência em prestar assistência aos milhares de feridos.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud