OMS: Pelo menos oito hospitais danificados após terremoto
BR

14 janeiro 2010

Agência da ONU alerta para propagação de doenças já que o fornecimento de água no país foi prejudicado; segundo a Organização Mundial da Saúde isso restringe a capacidade de tratamento para salvar vidas.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, confirmou nesta quinta-feira que pelo menos oito hospitais foram danificados ou destruídos no Haiti após o terremoto.

Em coletiva de imprensa conjunta em Genebra com outras agências da ONU, o representante do departamento de situações de crise da OMS, Paul Garwood, disse que isso deve provocar um impacto devastador porque a população haitiana já é considerada vulnerável.

Propagação

Garwood informou que outros dois hospitais sofreram danos na República Dominicana.

Ele também alertou para a propagação de doenças já que o fornecimento de água no país foi prejudicado, e ressaltou que isso restringe a capacidade de tratamento para salvar vidas.

Garwood reafirmou o compromisso da Organização Mundial da Saúde em priorizar a busca e o resgate de pessoas, e em fornecer tratamento de emergência a lesões severas e prevenção de infecções provocadas por mutilações.

A OMS também anunciou acordo bilateral com o governo italiano para a entrega de kits médicos de emergência no Haiti para ajudar 500 pacientes que precisam de medicamentos para cirurgia.

*Apresentação: Eduardo Costa Mendonça, da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud