Cruz Vermelha assiste vítimas do sismo no Haiti

13 janeiro 2010

O órgão diz que as necessidades mais urgentes no momento são a busca e resgate de sobreviventes, hospitais de campanha, cuidados de saúde de emergência, purificação da água, abrigos, logística e telecomunicações.

Ana Ventura Miranda, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Cruz Vermelha Internacional e o Crescente Vermelho no Haiti disseram em comunicado esta quarta-feira, que estão a assistir os feridos e a apoiar hospitais, que não têm capacidade suficiente para lidar com a situação de emergência, após o sismo que atingiu o país.

Segundo comunicado do órgão as necessidades mais prementes no momento são a busca e resgate de sobreviventes, hospitais de campanha, cuidados de saúde de emergência, purificação da água, abrigos, logística e telecomunicações.

Peritos

No documento a Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho já posicionaram mantimentos de socorro para 3 mil famílias do país. Foram distribuídos kits de higiene, cozinha, cobertores e contentores para armazenar água potável.

Um grupo de peritos em resposta a catástrofes, saúde em situações de emergência e logística chegará esta quarta-feira para ajudar a Cruz Vermelha no Haiti nos trabalhos de socorro.

Segundo o comunicado, a chegada dos peritos vai ajudar também na coordenação da ajuda internacional.

Fundos

A Cruz Vermelha diz que fundos de emergência já foram disponibilizados e que um apelo preliminar para ajuda humanitária irá ser emitido ao longo do dia.

De acordo com agências de notícias, o Haiti foi atingido no final da tarde desta terça-feira por um violento sismo de magnitude 7.3 na escala de Richter.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud