Desenvolvimentos políticos na Guiné-Conacri são encorajadores

12 janeiro 2010

Secretário-Geral da ONU reiterou o compromisso das Nações Unidas em apoiar a Guiné-Conacri na rápida restauração da ordem constitucional de forma pacífica e consensual.

[caption id="attachment_165568" align="alignleft" width="175" caption="Ban Ki-moon"]

Ana Ventura Miranda, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, em comunicado considerou que os recentes desenvolvimentos políticos na Guiné-Conacri são encorajadores, especialmente pelo compromisso do Chefe de Estado interino, General Sekouba Konaté, de reposição da ordem constitucional.

O documento emitido esta segunda-feira, pelo seu porta-voz, Martin Nesirky, saudou também as garantias de segurança dadas para toda a população, incluindo os seus líderes políticos.

Compromisso

No comunicado, Ban reiterou o compromisso das Nações Unidas em apoiar a Guiné-Conacri na rápida restauração da ordem constitucional de forma pacífica e consensual.

Ele pediu aos militares e ao governo para cumprirem o seu compromisso anterior de não contestarem as próximas eleições.

O Secretário-Geral apelou também a que todos os intervenientes políticos trabalhassem em conjunto para encontrar soluções duradouras para os desafios que o país enfrenta.

Relatório

No último relatório sobre a África Ocidental, Ban salientou o caso da Guiné-Conacri, em que durante o golpe militar de 2008, as forças armadas dispararam contra manifestantes desarmados matando pelo menos 150 civis, e violando os direitos humanos de outros participantes da demonstração.

No relatório o Secretário-Geral advertiu que a deterioração da situação na Guiné-Conacri poderia comprometer o frágil processo de paz em curso em países vizinhos como a Côte d'Ivoire, Libéria e Serra Leoa, para além de também ameaçar a estabilidade da sub-região.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud