Ganeses com qualificações procuram trabalho fora de África, diz OIM

12 janeiro 2010

Órgão da ONU diz que os sectores da saúde e da educação têm sido os mais afectados pelo aumento de migração da força de trabalho qualificada do Gana; Estados Unidos e Reino Unido são os principais países de destino.

[caption id="attachment_163429" align="alignleft" width="175" caption="Trabalho qualificado"]

Ana Ventura Miranda, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, divulgou um perfil de migração do Gana, que revela o aumento da taxa de migração de ganeses com qualificações para países fora da África Ocidental.

A falta de oportunidades de emprego para jovens e a força de trabalho crescente e cada vez mais qualificada, são as principais razões apontadas no documento para esta situação.

Áreas

Segundo o relatório, os sectores da saúde e da educação têm sido os mais afectados, estimando que 56% dos médicos treinados no Gana trabalham noutros países.

Apesar de o governo ganês ter introduzido medidas para melhorar os salários dos profissionais de saúde, o diferencial é muito grande comparativamente com os praticados nos países ocidentais.

De acordo com a OIM, o Gana tem a maior taxa de emigração da África Ocidental, e os Estados Unidos e o Reino Unido são os principais países de destino.

Fluxo de remessas

O relatório salienta como aspecto positivo deste processo o drástico aumento do fluxo de remessas oficiais, que no espaço de 9 anos passou de US$ 476 milhões para US$ 1,9 mil milhão.

Segundo o orgão das Nações Unidas, de 1,1 milhão de ganeses que deixaram o país, apenas 153 mil não voltaram.

Apesar da emigração continuar a crescer mais rápido que a imigração, o Gana continua a ser um importante país de destino, pela sua relativa segurança e estabilidade política.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud