Processo de paz no Oriente Médio corre contra o tempo
BR

17 dezembro 2009

Coordenador especial da ONU diz que as tensões continuam em Jerusalém e as ações de Israel e dos militantes do Hamas não contribuem para a estabilidade e prosperidade da Faixa de Gaza.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

O coordenador especial da ONU para o processo de paz no Oriente Médio, Robert Serry, disse nesta quinta-feira que, se não houver um movimento adiante para um acordo final no Oriente Médio, corre-se o risco de andar para trás.

Ele afirmou ao Conselho de Segurança que 2009 está chegando ao fim, as negociações entre israelenses e palestinos ainda devem recomeçar, e a confiança entre as partes permanece baixa.

Tensões

Robert Serry lembrou que as tensões continuam em Jerusalém e as ações de Israel e dos militantes do Hamas não contribuem para a estabilidade e prosperidade da Faixa de Gaza.

Segundo o coordenador, até o progresso verdadeiro que está ocorrendo na Cisjordânia parece funcionar em paralelo com as tendências negativas.

Ele se referiu a uma corrida contra o tempo para superar as contradições e mover a região para um fim de jogo político.

Serry disse que a suspensão de atividades de assentamento israelenses é um passo adiante mas a exclusão de Jerusalém Oriental e outras medidas ficam aquém do Roteiro da Paz.

Robert Serry citou uma série de ações que precisam ser tomadas, como o fim das agressões a palestinos e o fornecimento de produtos para abastecer a população durante o inverno.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud