OMS: Obesidade Infantil é desafio
BR

16 dezembro 2009

Especialistas reunidos em Genebra discutem programas de combate ao problema; existem mais de 22 milhões de crianças com excesso de peso a nível global, um número com tendência de aumento.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York*.

Especialistas da Organização Mundial da Saúde, OMS e acadêmicos de vários países estão reunidos em Genebra, na Suíça, para debaterem estratégias para evitar a obesidade infantil. O encontro teve início na terça-feira e vai durar três dias.

Atualmente há mais de 22 milhões de crianças com excesso de peso a nível global, um número com tendência de aumento.

Prevenir

A reunião técnica, organizada pela agência da ONU em colaboração com o ministério da Saúde e Desportos da França, está examinando os progressos e fracassos de diversas iniciativas para prevenir essa condição.

Também compilará informações sobre como ampliar os programas que tiveram êxito e assegurar a sua sustentabilidade.

Um comunicado da OMS destacou que provas disponíveis mostram que a obesidade infantil é causada por diversos fatores e que existem várias soluções de tratamento.

A agência das Nações Unidas alerta, contudo, que à imagem de outras estratégias de saúde pública, a aplicação dessas soluções está condicionada por inúmeros desafios.

*Apresentação: Eduardo Costa Mendonça, Rádio ONU, Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud