ONU emite 1,7 milhão de toneladas de dióxido de carbono por ano
BR

15 dezembro 2009

Nações Unidas terão própria pegada de carbono, após divulgação de relatório que indica emissões; estudo foi preparado em resposta à determinação manifestada pelo Secretário-Geral, Ban Ki-moon, de transformar o sistema da ONU numa organização ecologicamente correta.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York.*

O sistema das Nações Unidas anunciou nesta terça-feira em Copenhague a sua própria pegada de carbono como primeiro passo para reduzir as emissões de gases que provocam o efeito estufa.

Um comunicado divulgado na capital dinamarquesa indica tratar-se de uma das tarefas mais abrangentes e meticulosas já efetuadas pela ONU.

Emissões

O trabalho foi coordenado pelo Grupo de Gestão Ambiental da organização e cobre as emissões produzidas pelas várias agências das Nações Unidas, a sede em Nova York e as operações de manutenção de paz e humanitárias no terreno.

O relatório foi preparado em resposta à determinação manifestada pelo Secretário-Geral, Ban Ki-moon, de transformar o sistema da ONU numa organização ecologicamente correta.

O estudo indica que as Nações Unidas emitem o equivalente a 1,7 milhão de toneladas de dióxido de carbono por ano. Mais da metade dessa quantidade é proveniente das missões de paz.

Gases

O total representa cerca de 3,3% dos gases produzidos pela cidade de Nova York, onde fica a sede da organização.

O diretor-executivo do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, Achim Steiner, que coordenou o estudo, disse que cada país e cada organização tem a responsabilidade de medir e depois reduzir o seu impacto ecológico.

*Apresentação: Daniela Traldi, Rádio ONU, Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud