ONU diz que é agora ou nunca para salvar o planeta

14 dezembro 2009

Falando numa conferência de imprensa, no início de uma das semanas mais críticas nos esforços globais para combater alterações climáticas, Ban Ki-moon afirmou que agora é o momento para agir; ele indicou que raramente na história uma escolha foi tão clara.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou que o mundo está numa encruzilhada e que vai ter de escolher entre um futuro sustentável e a catástrofe ecológica.

Ban falava esta segunda-feira numa conferência de imprensa em Nova Iorque, momentos antes de partir para Copenhaga onde vai participar no segmento de alto nível da conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas.

Semana Crítica

No início de uma das semanas mais críticas nos esforços globais para combater o aquecimento no planeta, ele disse que agora é o momento para agir.

O Secretário-Geral disse que raramente na história uma escolha foi tão clara. Ban afirmou que o mundo pode abraçar um futuro sustentável de crescimento verde ou continuar na estrada que conduzirá à ruína.

Ban Ki-moon indicou que a actual geração pode tomar decisões agora sobre mudanças climáticas, ou então transferir o que chamou de herança venenosa para os seus filhos e netos.

Liderança

Ele apelou aos políticos do mundo para assumirem a liderança na questão porque o tempo está a esgotar-se. O Secretário-Geral realçou que a fase de desculpas e queixas já foi ultrapassada.

Ban reconheceu que as conversações são difíceis e complexas mas pediu aos negociadores para não deixarem tudo para a última hora. Ele destacou que isto conduzirá a um acordo fraco ou pior ainda à falta de um acordo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud