Shakira e Banco Mundial fecham acordo na América Latina
BR

14 dezembro 2009

Cantora colombiana foi à Cúpula Ibero-Americana em Portugal em busca de apoio para a expansão de oportunidades de desenvolvimento para crianças da América Latina.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York*.

O Banco Mundial e uma das estrelas da música pop, a cantora colombiana Shakira, fecharam parceria durante a Cúpula Ibero-Americana para apoiar a expansão de oportunidades de desenvolvimento para crianças da América Latina.

O acordo foi anunciado semana passada. Poucos programas sobre o assunto são voltados para os jovens que moram nessas áreas e a artista foi ao evento em Estoril, Portugal, em busca de suporte para uma estratégia regional.

Promessa

Além do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento, países como Argentina, Chile, Colômbia, El Salvador, México, Panamá e Paraguai se comprometeram em colaborar com a iniciativa.

Shakira renovou a promessa de continuar seus esforços como embaixadora das crianças da América Latina e em promover trabalho analítico para o projeto.

Os programas de desenvolvimento da infância, conhecidos como ECDs na sigla em inglês, são fundamentais para que uma criança desenvolva totalmente sua capacidade intectual.

Ciclo

A cantora disse que seria possível quebrar o ciclo de pobreza da região se os governos protegessem as crianças. Segundo ela, 35 milhões não tem acesso a educação e milhares morrem todos os anos como resultado de males que poderiam ser evitados, como a má-nutrição crônica.

Shakira também é fundadora da Fundação ‘Pés Descalços', que ajuda jovens em comunidades carentes da Colômbia.

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud