Festival mostra efeitos do clima sobre população indígena
BR

11 dezembro 2009

Evento no Museu Nacional da Dinamarca reúne 22 filmes de países como Austrália, Perú e Etiópia; são histórias sobre como a vida dessa população vem sendo afetada de forma dramática com as alterações climáticas.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

Enquanto líderes mundiais tentam chegar a um acordo para substituir o protocolo de Kyoto, a Universidade das Nações Unidas, UNU, promove em Copenhague um festival de cinema sobre comunidades indígenas.

O evento vai até 13 de dezembro no Museu Nacional da Dinamarca e inclui filmes com histórias desses habitantes e as evidências locais dos impactos reais das alterações climáticas.

Dramática

Os vídeos revelam que a vida da população indígena vem sendo afetada de forma dramática, alguns perdem suas casas, fontes de subsistência, culturas e o ecossistema no qual dependem.

O conhecimento tradicional de muitas comunidades, segundo a UNU, personifica um relacionamento espiritual e antigo com os sistemas e ciclos terrestres.

Por isso a visão dessas pessoas é de extrema importância, já que a diversidade da cultura indígena fornece enfoque único e códigos poderosos sobre como viver em harmonia com a natureza.

Os filmes mostram como a sobrevivência local está relacionada com músicas tradicionais e idiomas, roupas, arquitetura, comida, rituais diários e mitológicos.

Vinte e dois vídeos de países como Austrália, Perú e Etiópia participam do festival, quinze deles podem ser vistos no site da Universidade das Nações Unidas ou pelo YouTube.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud