Ataques a bomba no Iraque são inaceitáveis, diz Ban (Português Brasil)

8 dezembro 2009

Secretário-Geral da ONU diz que está chocado e chamou de terrível os atentados terroristas contra civis; segundo agências de notícias pelo menos 127 pessoas morreram e mais de 448 ficaram feridas após cinco explosões em Bagdá.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou uma série de ataques realizados com carros-bomba em Bagdá nesta terça-feira.

Ban disse, em entrevista a jornalistas na sede da organização em Nova York, que está muito chocado, e que tratam-se de terríveis atentados terroristas contra civis.

Ataques

Ele chamou as ações de inaceitáveis. Segundo agências de notícias pelo menos 127 pessoas morreram e mais de 448 ficaram feridas após cinco explosões na capital iraquiana, que ocorreram quase que simultaneamente.

Ainda segundo as agências, as bombas foram detonadas em edifícios do governo, patrulhas policiais, mercados e próximas a uma universidade e ao Instituto de Belas Artes de Bagdá. Policiais e civis estão entre os mortos.

Os ataques acontecem dias após o Parlamento do Iraque ter aprovado revisão da lei eleitoral do país, que abriu caminho para as eleições nacionais no ano que vem.

O Secretário-Geral da ONU já havia elogiado a decisão iraquiana e afirmado que a disputa eleitoral será um importante passo adiante para o progresso político e democrático do país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud