Direitos dos Deficientes em África

4 dezembro 2009

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência foi comemorado na quinta-feira, 3 de Dezembro, sob o lema "assegurar a integração dos deficientes na realização das Metas do Milénio".

Na sua mensagem, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que a experiência mostra que, quando as pessoas com deficiência têm a possibilidade de participar no desenvolvimento e dar provas de liderança, toda a comunidade se torna mais receptiva.

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, destacou que a data serve para relembrar a importância da ratificação da Convenção sobre os Direitos dos Deficientes, que entrou em vigor o ano passado.

Vinte países ratificaram o tratado em 2008, número que aumentou para 75 este ano.

No continente africano, a pobreza aumenta a vulnerabilidade das pessoas portadoras de deficiências, forçando-as a sobreviver num contexto de discriminação e falta de meios.

Por ocasião da data, a Rádio ONU reflectiu a experiência de deficientes em dois países de língua portugesa.

Oiça as entrevistas feitas por Carlos Araújo com os presidentes da Federação Angolana de Deficientes, Silva Lopes Etiambulo e da Associação Caboverdiana de Deficientes, David Cardoso.

Entrevista - Silva Lopes Etiambulo

Entrevista - David Cardoso

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud