ONU saúda plano americano para o Afeganistão
BR

2 dezembro 2009

Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon disse que a proposta apresentada prevê um equilíbrio entre os esforços civis e militares com ênfase no fortalecimento das fundações e na segurança do país.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon saudou nesta quarta-feira o novo plano dos Estados Unidos para o Afeganistão anunciado pelo presidente Barack Obama.

Ban disse, em nota emitida por seu porta-voz, que as Nações Unidas continuam comprometidas em apoiar a transição para maior soberania, responsabilidade, liderança pela paz e desenvolvimento do país.

Ênfase

Em discurso pela televisão transmitido em rede nacional, Obama revelou que a estratégia revisada dos americanos inclui o envio de mais 30 mil tropas, além de medidas para construir a infra-estrutura afegã.

O Secretário-Geral da ONU notou que a proposta apresentada prevê um equilíbrio entre os esforços civis e militares com ênfase no fortalecimento das fundações e na segurança.

De acordo com Ban Ki-moon, a construção das instituições é um processo a longo prazo mas necessário, que irá garantir a sustentabilidade das ações conjuntas da comunidade internacional no país.

O enviado especial da ONU ao Afeganistão, Kai Eide, já havia dito nesta terça-feira, antes do anúncio de Obama, que seria preciso dar mais autoridade às instituições afegãs.

Apresentação: Eduardo Costa Mendonça, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud