Nações Unidas defendem criação de estado palestiniano

30 novembro 2009

Secretário-Geral da ONU assinalou ‘Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano’, lembrando que as negociações entre israelitas e palestinianos foram suspensas há quase um ano.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon ressaltou a importância de se criarem as condições certas para que israelitas e palestinianos tenham confiança suficiente para regressar às negociações.

A afirmação foi feita este Domingo, numa mensagem por ocasião do ‘Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano', celebrado a 29 de Novembro.

Estado

De acordo com Ban Ki-moon é vital que um Estado Palestiniano soberano seja alcançado.

Ban lembrou que as conversas entre o Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, foram suspensas há quase um ano.

O Secretário-Geral saudou o progresso significativo feito pela Autoridade Palestiniana na tentativa de cumprimento do Roteiro da Paz, que prevê o fim das actividades relacionadas com os assentamentos na Faixa de Gaza e a criação de dois Estados, Israel e Palestina, com fronteiras reconhecidas.

Instituições

Ban Ki-moon pediu aos palestinianos para combaterem a violência extrema e continuarem a trabalhar para a construção das suas próprias instituições.

Os esforços, de acordo com ele, resultariam em melhores condições económicas e de segurança.

O Secretário-Geral da ONU participou esta segunda-feira na sede da organização em Nova Iorque na cerimónia oficial pelo ‘Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano'.

*Apresentação: João Duarte, de Londres para a Rádio ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud