Nações Unidas lançam ‘Rede de Homens Líderes’
BR

24 novembro 2009

Iniciativa faz parte da campanha “Unidos para Acabar com a Violência contra Mulheres”, apresentada ano passado pelo Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon; de acordo com Ban, os abusos contra mulheres e meninas só será erradicada quando homens e rapazes se recusarem a tolerá-la.

[caption id="attachment_171326" align="alignleft" width="175" caption="Violência de gênero"]

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, fez um apelo a governos, organizações femininas e religiosas, jovens, setor privado, mídia e todo o sistema das Nações Unidas para se juntarem à campanha para acabar com a violência contra mulheres e meninas.

Em discurso nesta terça-feira, na sede da organização, em Nova York, Ban revelou que 70% das mulheres experimentam alguma forma de violência física ou sexual durante as suas vidas, cometida por maridos, parceiros ou alguém que conhecem.

Inspiração

Ban falou durante a cerimônia de lançamento do projeto "Rede de Homens Líderes", que pretende inspirar homens a ajudarem no combate à violência contra mulheres.

Ban Ki-moon indicou que mais de 5 milhões de pessoas já aderiram à iniciativa "Diga Não à Violência de Gênero" lançada ano passado no âmbito da campanha "Unidos para Acabar com a Violência contra Mulheres".

O Secretário-Geral disse que a violência contra mulheres e meninas só será erradicada quando homens e rapazes se recusarem a tolerá-la.

Apartheid

O arcebispo sul-africano e Prêmio Nobel da Paz, Desmond Tutu, que faz parte da "Rede de Homens Líderes", também participou da cerimônia por videoconferência.

Desmond Tutu disse que após ter lutado contra o apartheid na África do Sul e contra a injustiça e a opressão no mundo, vai agora combater a violência de gênero até a eliminação do problema.

O mundo celebra nesta quarta-feira o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra Mulheres.

*Apresentação: Eduardo Costa Mendonça, da Rádio ONU, em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud