ONU convoca homens no combate à violência contra mulheres
BR

24 novembro 2009

Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon lança iniciativa às vésperas do Dia Internacional de Eliminação da Violência contra as Mulheres; já confirmaram participação na Rede de Homens Líderes o arcebispo sul-africano e Prêmio Nobel da Paz, Desmond Tutu, e o escritor brasileiro Paulo Coelho.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York*.

O comprometimento de homens e meninos é fundamental para se chegar ao fim dos abusos contra mulheres e garotas.

Esse é o objetivo de uma iniciativa que será lançada nesta terça-feira, véspera do Dia Internacional de Eliminação da Violência contra as Mulheres, pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, na sede da organização em Nova York.

Líderes

Batizado de ‘Rede de Homens Líderes', o projeto pretende servir de inspiração para homens ao redor do mundo no combate à violência contra as mulheres.

O programa faz parte de uma campanha de ação lançada o ano passado por Ban Ki-moon convocando governos, sociedade civil, organizações não-governamentais, jovens, setor privado, mídia e as Nações Unidas para tomarem medidas para resolver o problema.

Cinco metas, estipuladas aos países pela campanha, devem ser atingidas até 2015: adotar e assegurar leis nacionais de punição, implementar planos de ação multisetoriais, melhorar a coleta de dados, aumentar a sensibilização pública e a mobilização social, e listar a violência sexual em conflitos.

Já confirmaram participação na Rede de Homens Líderes o arcebispo sul-africano e Prêmio Nobel da Paz, Desmond Tutu, e o escritor brasileiro Paulo Coelho, que são aguardados para o lançamento da iniciativa em Nova York.

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud