10 mil pessoas precisam de ajuda em El Salvador
BR

10 novembro 2009

Programa Mundial de Alimentos vai distribuir 90 toneladas de biscoitos energéticos nas próximas 48 horas; passagem do furacão Ida trouxe fortes tempestades ao país, deixando cerca de 140 mortos e milhares de desabrigados.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

Pelo menos 10 mil pessoas irão precisar de assistência alimentar nos próximos dias em El Salvador, após a passagem do furacão Ida, que atingiu a costa atlântica da América Central no final da semana passada.

A estimativa é do Programa Mundial de Alimentos, PMA, em comunicado emitido nesta terça-feira.

Ida

De acordo com a agência, o governo de El Salvador declarou estado de emergência em cinco das regiões mais afetadas: San Salvador, San Vicente, La Libertad, La Paz e Cuscatlan.

A representante do PMA no país, Dorte Ellehammer, disse ‘que a intensidade das chuvas nas últimas 24 horas ultrapassou a do Furacão Mitch, que atingiu o país há 11 anos'.

Ellehamer afirmou que inundações severas devastaram casas e plantações inteiras, e que o desastre comprometeu a segurança alimentar de milhares de pessoas.

O PMA irá distribuir 90 toneladas de biscoitos energéticos nas próximas 48 horas. O estoque deve alimentar 70 mil pessoas por quatro dias.

OMS

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, o governo de El Salvador estima que 140 pessoas morreram, e 14 mil ficaram deslocadas e foram encaminhadas para 118 abrigos.

A OMS já enviou 100 mil tabletes de purificação para garantir a segurança da água potável, além de mandar especialistas em logística e comunicação para ajudar na resposta à crise.

Ações humanitárias também devem acontecer na Nicarágua, outro país fortemente atingido pelo furacão Ida, onde o PMA deve auxiliar 13 mil pessoas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud