Internet ajuda desarmamento nuclear
BR

6 novembro 2009

Uso dos sites de relacionamento é um dos tópicos do ‘Fórum Anual para Reguladores e Operadores da Área do Desarmamento’, que acontece esta semana em Viena, sede da Aiea; existem planos para desenvolver redes como o Linkedln e conectar mais de 400 profissionais no mundo.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York*.

 Sites de relacionamento na internet são fontes poderosas de informação para ajudar no combate às armas nucleares.

A afirmação é da Agência Internacional de Energia Atômica, que está usando a internet para conectar mais de 400 profissionais do setor em 60 países ao redor do mundo.

Network

O uso dos sites de relacionamento é um dos tópicos do ‘Fórum Anual para Reguladores e Operadores da Área do Desarmamento', que acontece esta semana em Viena, sede da Aiea.

O evento reúne especialistas e membros da agência da ONU e termina nesta sexta-feira na Áustria.

De acordo com a Aiea é muito difícil para jovens profissionais do setor nuclear participarem pessoalmente de workshops, seminários e visitas a centros de pesquisa, por isso o órgão está usando métodos não-tradicionais de aproximação.

A Rede de Desarmamento Internacional da Aiea, que lidera os debates, já começou a colocar vídeos informativos na internet.

Também existem planos para desenvolver redes como o Linkedln e para enviar arquivos de vídeo no formato utilizado pelo site YouTube.

De acordo com representante da Seção de Tecnologia da Aiea, Paul Dinner, "a agência percebeu que os sites de relacionamento são a melhor maneira de engajar milhares de profissionais ao redor do mundo".

*Apresentação: Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud