Migração global faz bem para a humanidade, diz ONU
BR

4 novembro 2009

Ban Ki-moon afirmou em seminário na Grécia que a migração contribui para o desenvolvimento do planeta; 214 milhões de pessoas vivem fora dos seus países de origem.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que é crucial salvaguardar os direitos dos migrantes numa era em que aumenta o número de pessoas que atravessam fronteiras à procura de melhores oportunidades.

Em discurso nesta quarta-feira na abertura do 3° Fórum Global sobre Migração e Desenvolvimento, em Atenas, na Grécia, ele afirmou que não se pode esquecer que, em última análise, políticas e leis dizem respeito a pessoas e valores.

Migração

Ban notou que o número de migrantes nunca foi tão elevado como agora, relembrando que 214 milhões de pessoas vivem fora dos seus países de origem.

O Secretário-Geral destacou os aspectos positivos dessa mobilidade. Ele afirmou que, bem gerida, a migração global pode melhorar o bem estar da humanidade e contribuir para o desenvolvimento do planeta.

Ban Ki-moon realçou ainda que os migrantes contribuem para a prosperidade das suas nações, ao transferirem remessas e transmitirem novas ideias e tecnologias.

Cooperação

Ele apelou a todos os países para cooperarem na área da migração, destacando três desafios que reforçam a necessidade de medidas urgentes: a crise econômica, mudanças climáticas e o flagelo do tráfico humano, particularmente de mulheres e jovens.

O Relatório de Desenvolvimento Humano 2009, lançado no mês passado pelo Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, destaca o grande potencial da migração para melhorar a vida de milhões de pessoas no mundo.

Uma das autoras do documento, Isabel Pereira, disse à Rádio ONU, durante o lançamento do relatório, que a migração é inevitável e constitui uma dimensão importante do desenvolvimento humano.

Melhor acesso

"Estes ganhos são efetivos não só para os migrantes em termos de terem melhores empregos e acesso a melhores serviços de saúde e educação para si e para os seus filhos. Mas estes ganhos podem também ser significativos para as comunidades de origem e para as as comunidades de destino"

O Fórum Global sobre Migração e Desenvolvimento termina nesta quinta-feira.

*Apresentação: Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud