Maior segurança para membros da ONU no Paquistão
BR

2 novembro 2009

Secretário-Geral determina fase 4 nas zonas tribais e na Província da Fronteira do Noroeste; segurança dos funcionários da ONU será reforçada mas medida não afeta ajuda para serviços essenciais.

[caption id="attachment_171643" align="alignleft" width="175" caption="Fase 4 "]

Daniela Traldi, da Rádio ONU, em Nova York.

As Nações Unidas declararam a instauração da Fase 4 ou de ‘emergência' nas zonas tribais, Fata, e na Província da Fronteira do Noroeste, Nwfp, no Paquistão.

A medida, anunciada pelo Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon em comunidado divulgado nesta segunda-feira, tem efeito imediato e foi baseada no aumento da insegurança na região.

Medidas

A Fase 4 prevê a redução do número de funcionários da ONU nas áreas afetadas, com presença apenas de pessoal essencial para serviços de emergência, auxílio humanitário, operações de segurança e qualquer outra atividade apontada pelo Secretário-Geral.

Segundo agências de notícias, as Nações Unidas tomaram essa decisão após perder 11 funcionários só este ano em ataques no Paquistão em áreas de maior atividade do movimento Talebã.

Todo o pessoal da ONU envolvido em ações complementares serão redistribuídos para fora das zonas tribais e da Província da Fronteira do Noroeste.

A segurança para aqueles que ficam será reforçada e a programação de atividades futuras só será retomada após melhora das condições atuais.

Proteção

De acordo com o comunicado, as Nações Unidas irão continuar com os trabalhos em áreas onde há maior necessidade de socorro.

Segundo o texto, a proteção dos funcionários da ONU também é muito importante e a medida de emergência não afeta o auxílio às necessidades básicas dos paquistaneses que vivem nessas regiões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud