Ban reafirma apoio da ONU a deslocados na África

22 outubro 2009

Em mensagem para a cimeira anual da União Africana, UA, Ban Ki-moon realçou a necessidade de medidas de prevenção e solução dos conflitos que obrigam mais de 14 milhões de africanos a fugir de casa.

Maria Cláudia Santos, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, prometeu esta quinta-feira pleno apoio da organização aos mais de 14 milhões de refugiados e deslocados internos da África.

Numa mensagem à cimeira anual da União Africana, UA, sobre o tema, a decorrer em Kampala, no Uganda, Ban reafirmou a necessidade de medidas de prevenção e solução dos conflitos que obrigam milhares de africanos a deixar suas casas.

Soluções Duradoiras

Na mensagem, o Secretário-Geral falou não só da importância de evitar o deslocamento, mas também de proteger aqueles que já estão nessa situação.

Ban lembrou que milhões permanecem deslocados durante muitos anos e até mesmo por várias gerações, necessitando de uma solução duradoira para suas vidas.

Ele pediu empenho no restabelecimento da lei e da ordem, cruciais para a reintegração com segurança e dignidade dessas pessoas.

Secas

Ban elogiou ainda o destaque que a cimeira da União Africana está a conceder ao problema dos conflitos, mas lembrou que os desastres naturais, como as secas, também são uma das principais causas do deslocamento interno.

O Secretário-Geral afirmou que é por isso que é importante o envolvimento da África na conferência da ONU sobre aquecimento global que acontece em Dezembro, em Compenhaga.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud