PMA incrementa refeições escolares no Timor (Português Brasil)

19 outubro 2009

Doação do Brasil e da Espanha vai ajudar agência da ONU por dois meses; dinheiro será usado na compra de alimentos de necessidade básica.

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, anunciou nesta segunda-feira que recebeu recursos dos governos do Brasil e da Espanha para o Programa de Refeição Escolar do Timor Leste.

As doações somam U$ 1,4 milhão, cerca de R$ 2,5 milhões. O dinheiro será usado primeiramente na aquisição de feijão produzido por fazendeiros locais.

Urgente

Xinmin Zhao, diretora interina da agência da ONU, disse que "a doação veio em boa hora e que o país precisa urgente de mais recursos".

Zhao disse ainda que crianças de várias idades devem se beneficiar com o incremento nas refeições escolares. Crianças mais bem nutridas frequentam mais a escola e melhoram a capacidade de aprendizado.

Os recursos vindos do Brasil e da Espanha vão ajudar alunos timorenses por um período de dois meses.

Programa

O PMA já recebeu quase metade dos U$ 38 milhões, mais de R$ 60 milhões, necessários para as operações no Timor Leste.

O programa assiste 324 mil crianças nos 13 distritos do país. A agência da ONU, através de seus doadores, fornece alimentos de necessidade básica às crianças timorenses, como arroz, feijão, óleo vegetal e sal.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud