Transferência electrónica de dinheiro acessível em áreas rurais africanas

14 outubro 2009

Serviço, promovido por agências da ONU em seis países do continente, beneficiará, principalmente, comunidade de migrantes e pequenos empresários locais.

Pollyana de Moraes, da Rádio ONU, em Nova Iorque.*

Cerca de 300 postos dos correios em áreas rurais da África passarão a oferecer o serviço de transferência electrónica de dinheiro, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira pela União Postal Universal, UPU.

A iniciativa vai permitir a consumidores e principalmente trabalhadores migrantes receber ou enviar dinheiro de um posto próximo de forma mais acessível, barata e segura.

Remessas

O serviço da UPU, promovido em parceria com o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, Ifad, estará disponível em seis países do continente: Benin, Burkina Faso, Mali, Mauritânia, Nigéria e Senegal.

Essas nações contam com uma grande população de migrantes que trabalham em países vizinhos, na América e na Europa e chegam a receber remessas de US$ 1,3 mil milhão, de acordo com o Banco Mundial.

Além de beneficiar essas comunidades, o serviço pode ajudar comerciantes e pequenos empresários rurais a melhorarem seus negócios.

Áreas Urbanas

Em 2006, alguns países da África passaram a oferecer a transferência electrónica de dinheiro em áreas urbanas.

O objectivo das insitituições envolvidas no projecto é continuar a ampliar o acesso da população ao serviço.

*Apresentação: Carlos Araújo, Rádio ONU, Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud