Holmes pede reforço de ajuda às Filipinas
BR

13 outubro 2009

Coordendor humanitário da ONU lembra que o país passa por grave crise e precisa de mais apoio; tempestades mataram centenas e causaram prejuízos de mais de US$ 160 milhões.

[caption id="attachment_170821" align="alignleft" width="175" caption="Foto: PMA"]

Maria Cláudia Santos, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, informou nesta terça-feira que, até agora, foram prometidos apenas 19 % da ajuda pedida pela ONU para as Filipinas.

Dos US$ 74 milhões solicitados para as vítimas das inundações, somente US$ 14,3 milhões estariam assegurados.

Missão

Em visita de dois dias ao país afetado pelas enchentes, o coordenador humanitário das Nações Unidas, John Holmes, lembrou que os filipinos passam por grave crise e precisam de mais ajuda.

Holmes encerra nesta terça-feira uma visita de dois dias às regiões destruídas pelas duas tempestadas consecutivas das últimas semanas.

Ele se reuniu com a presidente Gloria Macapagal-Arroyo, membros da equipe das Nações Unidas no país e famílias atingidas pelas inundações.

Nesta terça-feira, a Organização Internacional das Migrações, OIM, informou que enviou containers de água e kits de higiene para os atingidos pelos desastres.

A agência da ONU também irá distribuir 20 mil purificadores de água. Cada um tem capacidade de garantir 560 litros de água pura por família.

Prejuízos

As tempestades, Ketsana e Parma, afetaram mais de seis milhões de filipinos. Ao todo, cerca de 500 pessoas morreram e milhares ficaram desabrigadas.

Os prejuízos causados pelos desastres são estimados em mais de US$ 160 milhões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud