Relatório IDH 2009

6 outubro 2009

[caption id="attachment_166420" align="alignleft" width="175" caption="Disparidades continuam"]

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Apesar dos progressos registados em vários sectores ao longo dos últimos 25 anos, as disparidades entre os países ricos e pobres permanecem inaceitáveis.

A afirmação consta do Índice de Desenvolvimento Humano, IDH, divulgado esta segunda-feira, em Banguecoque, na Tailândia, como parte do Relatório de Desenvolvimento Humano 2009.

O índice classifica os 182 países do mundo de acordo com vários indicadores sociais, incluido a esperança de vida, acesso à educação, rendimento per capita e taxa de alfabetização.

Os três primeiros lugares da lista são ocupados pela Noruega, Austrália e Islândia. As dez últimas posições do índice são ocupadas por países africanos, com a excepção do Afeganistão.

Numa entrevista à Rádio ONU, a especialista em políticas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, Isabel Pereira, debateu as principais conclusões do relatório.

Oiça a entrevista. Tempo 12'06"

Isabel Pereira - parte 1

Isabel Pereira - parte 2

Isabel Pereira - parte 3

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud