ONU pede respeito às eleições na Côte d’Ivoire (Português África)

29 setembro 2009

Conselho de Segurança indicou que novos atrasos na publicação de uma lista provisória de eleitores poderão afectar o calendário; as eleições presidenciais já foram adiadas várias vezes naquela nação da África Ocidental.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança da ONU expressou esta terça-feira preocupação sobre possíveis novos atrasos na realização das eleições presidencias na Côte d'Ivoire.

O órgão máximo das Nações Unidas pediu a todas as partes para garantirem que a votação tenha lugar, como previsto, a 29 de Novembro.

Lista Provisória

Um comunicado lido pela presidente do conselho para o mês de Setembro, a embaixadora americana Susan Rice, reiterou que os actores políticos marfinhenses devem respeitar o calendário eleitoral.

Rice notou que novos atrasos na publicação de uma lista provisória de eleitores poderão afectar o calendário.

As eleições presidenciais já foram adiadas várias vezes naquela nação da África Ocidental.

O Conselho de Segurança disse que irá rever a situação na Côte d'Ivoire até o dia 15 de Outubro e que tomará medidas apropriadas contra aqueles que bloquearem progressos no processo eleitoral.

O órgão começou também a analisar o futuro mandato da missão da ONU no país, Onuci, incluindo metas para uma possível retirada à luz de progressos na situação política.

Crise Marfinhense

No comunicado, a embaixadora americana também saudou o presidente Blaise Compaoré, do Burkina Faso, pelo seu apoio ao processo de paz na Côte d'Ivoire.

O Chefe de Estado daquele país vizinho foi o principal responsável pelo acordo de Ouagadougou que desbloqueou a crise marfinhense.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud