Banco Mundial apoia ensino de 600 mil crianças no Haiti
BR

2 setembro 2009

Projeto irá auxiliar na melhoria das condições das escolas haitianas e dar apoio aos professores daquele país; desde 2005, Banco Mundial já aprovou assistência humanitária no valor de US$ 300 milhões ao Haiti.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial aprovou, nesta terça-feira, um empréstimo de US$ 22 milhões, cerca de R$ 40 milhões, para melhorar o acesso de crianças carentes à educação no Haiti.

O projeto do órgão da ONU também irá auxiliar na melhoria das condições de ensino nas instituições haitianas e dar apoio aos professores daquele país.

Educação Primária

A diretora do Banco Mundial para a região do Caribe, Yvonne Tsiakata, informou que o financiamento irá ajudar o Haiti a cumprir, até 2015, as Metas do Milênio na área de educação primária universal.

O empréstimo vai proporcionar acesso à educação para 135 mil crianças, além de fornecer refeições e assim, promover assiduidade escolar de outras 40 mil crianças.

O projeto apoiado pelo Banco Mundial também inclui fornecimento de kits de estudo à 450 mil crianças matriculadas na rede de ensino e material didático para os professores.

Além do perdoamento de US$ 1,2 bilhão, cerca de RS$ 2,1 bilhões, da dívida externa do Haiti em junho de 2009, o Banco Mundial já aprovou ao país, desde 2005, assistência humanitária no valor de US$ 300 milhões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud