Ban diz que Ártico poderá ficar sem gelo dentro de 30 anos

1 setembro 2009

Visita do Secretário-Geral acontece a menos de 100 dias da conferência sobre Mudança Climática marcada para Dezembro; Ban disse que reunião em Copenhague precisa produzir um acordo justo para garantir o futuro da humanidade e do planeta.

Marco Alfaro, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, visitou a região ártica da Noruega, nesta terça-feira, para constatar pessoalmente os efeitos das mudanças climáticas.

A visita ocorre a menos de 100 dias do início da conferência sobre aquecimento global marcada para Dezembro, em Compenhaga, na Dinamarca, que irá tentar obter um acordo para travar a produção de gases que causam o efeito estufa.

Geleiras Polares

Após deixar Oslo, capital da Noruega, o Secretário-Geral desembarcou no arquipélago de Svalbard, no qual visitou centros de pesquisa.

Ban conversou com cientistas que apresentaram os mais recentes dados sobre o derretimento das geleiras polares. Ele afirmou que se esta tendência não for contida, o mundo terá um ártico sem gelo dentro de 30 anos.

Numa conferência de imprensa realizada na segunda-feira, Ban disse que este é o momento de se tomar decisões em relação às mudanças climáticas.

Futuro do Planeta

Ele afirmou que a reunião em Compenhaga precisa produzir um acordo global e justo para garantir o futuro da humanidade e do planeta.

O Secretário-Geral realçou que restam apenas 15 dias de reuniões preparatórias antes da Conferência sobre Mudança Climática que tem como objectivo encerrar as negociações sobre um novo pacto para substituir o Protocolo de Kyoto, que expira em 2012.

*Apresentação: Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud